Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Viajante de fraldas

Blog sobre viagens com crianças, actividades, psicologia infantil e muito mais.

Viajante de fraldas

Blog sobre viagens com crianças, actividades, psicologia infantil e muito mais.

Primeira viagem de avião. Viajar sozinha com um bebé.

29.06.17 | Viajante de fraldas

Viajar com um bebé pode parecer um cena digna do filme "Missão Impossível", e então quando viajamos sozinhas,  que estamos a realizar "Os Doze Trabalhos de Hércules" , mas na realidade não é assim tão complicado.

No meu caso, o Rafael reagiu muito bem e esteve sempre tranquilo. Mas o truque é mantermos a calma e pedirmos ajuda sem sentimento de que estamos a falhar como mães!

O nosso mini viajante fez a sua primeira viagem de avião, Liverpool ✈️ Porto, quando tinha apenas 1 mês e meio.O ideal seria esperar até ele completar os 3 meses para já ter tomado as primeiras vacinas, mas por motivos de força maior não foi possível. Falámos com o médico sobre a necessidade dessa viagem e como o Rafael sempre foi um bebé saudável não nos foi colocado qualquer impedimento, apenas tive que ter cuidados acrescidos com o contacto com outras pessoas, evitando que outras pessoas ficassem muito próximas ou o contacto físico com o bebé. Mas aconselho sempre a consultarem o médico que acompanha o vosso bebé caso tenham que viajar com o vosso bebé assim tão cedo.A saúde e o bem estar do bebé em primeiro lugar!

Geralmente, as companhias aéreas não aceitam recém-nascidos com menos de 7 dias de vida. O ideal é consultar as condições das companhias antes de comprar as viagens. Em algumas companhias os bebés até 2 anos não pagam, noutras pagam um taxa fixa, numas viajam no colo dos pais noutras tem direito a lugar próprio e até certas companhias disponibilizam um berço adaptado. Para além de consultarem a idade mínima para viajar, também poderão obter esclarecimentos em relaçāo às restrições de bagagem e como  proceder no check in.

 

Ryanair- Viaja com um bebé?

 

TAP-Bebés e crianças a bordo

 

easyJet - O que é que preciso saber para voar com crianças?

 

Chegada ao aeroporto:

Se levar o carrinho de bebé, cadeirinha do carro, cama de viagem  ou outro equipamento do bebé deve fazer o check-in desses elementos aquando da bagagem de porão, no caso do carrinho de bebe pode ser despachado juntamente com a bagagem de porão num local assinalado como “bagagem especial"/ "fora de formato", situado na zona do check-in e, no destino, na zona de recolha de bagagem), ou leva-lo até à porta de embarque onde será entregue aos funcionários responsáveis pela gestão da bagagem.

Como viajo muitas vezes sozinha com o Rafael,  normalmente despacho o carrinho de bebe no check in e opto por levar o bebe num canguru ou sling, são mais cómodos e confortáveis para o bebe e ao mesmo tempo da-me mais liberdade para transportar a mala de cabine e a mala das fraldas e produtos do bebe.

 

Documentação necessária:

Para além da nossa documentação, o bebé também tem que se fazer acompanhar da sua própria identificação, quer seja a certidão, passaporte ou cartão de cidadão, mas devem ter atenção porque na maioria dos casos é preciso se fazer acompanhar de uma autorização escrita e reconhecida do pai/mãe caso este/a não viaje junto, especialmente se os pais não forem casados. Não vale a pena facilitar, porque embora não a peçam muitas vezes ( falo isso por experiência própria) se a pedirem e se não a tiver não viaja.

Essa autorização pode ser feita em qualquer notário, ou nos consulados/embaixadas.

Nós como vivemos em Preston, temos que ir ao consulado de Portugal em Manchester e requerer essa autorização, lá emitem na hora e tem uma validade de 1 ano.

 

Autorização de saída do território nacional - consulado de Manchester

 

Autorizacao_de_saida_de_menores_de_territorio_nacional

 

Descolagem e aterragem, cuidados a ter:

O principal incômodo para o bebê e até para nós na viagem de avião é a sensação pressão nos ouvidos.Mamar ou chupar na chupeta durante a descolagem e aterragem alivia essa sensação.

O Rafael mamou nessas alturas e felizmente não manifestou qualquer desconforto.

Além disso, é importante que o nariz dele esteja bem limpo. Deve lavá-lo com soro fisiológico antes do voo.

 

Alimentação :

Todas as companhias aéreas disponibilizam água quente caso o seu bebé use leite em pó, deve sempre levar quantidade de leite superior ao que habitualmente precisa de forma a salvaguardar possíveis atrasos nos voos ou outra eventualidade. O Rafael mamã sempre mais do que normal no avião, ele é um comilão e andar de avião deve abrir-lhe o apetite 😊.

Se ele já come, leve papinha, bolachas e fruta que ele já esteja acostumado. Normalmente a qualidade da comida dos aviões não é a mais adequada para bebés.

 

Durante a viagem:

Seleccione alguns objectos para distrair o bebé durante a viagem: livros, jogos, tablet, os brinquedos preferidos.

O Rafael adora música, no meu telemóvel tenho uma pasta com vários vídeos,que funcionam em modo offline, do Avó Cantigas,  Xana toc toc, o panda etc que ele adora.

Mas por vezes nada funciona, o bebé fica inquieto e nada resulta ... não entre em desespero, mantenha a calma e não fique envergonhada. É normal as crianças chorarem e muitas vezes sem motivo, ninguém a irá julgar e vai ver que acaba sempre por receber apoio de outros passageiros que já passaram pela mesma situação.

E não se esqueça dos objetos que possam ajudar o bebé a dormir, como o cobertor, fralda de pano ou um boneco.

 

Relaxe e tenha um boa viagem!

1 comentário

Comentar post