Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Viajante de fraldas

Blog sobre viagens com crianças, actividades, psicologia infantil e muito mais.

Viajante de fraldas

Blog sobre viagens com crianças, actividades, psicologia infantil e muito mais.

Letónia - O que ver em Riga com um bebé.

29.06.17 | Viajante de fraldas

O Rafael tinha 6 meses quando fomos a Letónia, mais precisamente a Riga. A viagem correu muito bem, esteve sempre tranquilo e sorridente.

 

20160503_074925288_ios-e1498595028194.jpg

 

Devem estar a perguntar o porquê de Riga?
Riga com um bebé?!

 

Escolhemos Riga por ser uma cidade segura, tranquila e onde facilmente teríamos acesso a tudo o que o Rafael pudesse precisar.

 

Com 6 meses os bebés encontram-se na fase da descoberta, usam todos os sentidos para explorar e aprender sobre o mundo. O bebé está alerta e cada vez mais atento às pessoas e ao que se passa em seu redor, por isso procuramos uma cidade com muitos contrastes e que se diferencia-se. Riga pareceu-nos ter a combinação perfeita. E não nos desiludiu!

 

Acessebilidades

 

Riga é a maior cidade dos países bálticos, considerada por alguns como "Paris do norte", mas precisa melhorar consideravelmente os acessos tanto para cadeiras de rodas como para carrinhos de bebés. Poucos foram os locais que tinham esses acessos e os que tinham provavelmente ainda eram do tempo medieval ou queriam nos proporcionar uma experiência 2em1 , transporte e musculação💪🏻.

 

13221663_1231126790231261_2408961424141805722_n

 

Transporte em Riga

Se chegar de avião, a forma mais econômica (cerca de 2 € por pessoa) de chegar ao centro é apanhar o autocarro  22, a paragem encontra-se no lado oposto da entrada do terminal 2, na parte de trás do parque de estacionamento. Viagem do aeroporto ao centro leva cerca de 40 minutos e a frequência do serviço varia entre 15 a 30 minutos conforme a hora do dia.

 

O táxi é outra das opções para chegar ao seu centro, vai encontrar várias empresas a realizar esse serviço e em média a viagem terá o custo de 20€, mas não têm que se preocupar pois todos os taxis usam o taxímetro.

 

Dica: Uma das companhias de taxis com tarifas mais baixas, disponibilizam uma aplicação Taxify. Vale a pena descarregar e usar. Usámos várias vezes durante a nossa viagem e tivemos sempre um bom atendimento, rápido e económico.

 

Breve informação histórica

 

Oficialmente República da Letônia, é uma das três repúblicas bálticas. Faz fronteira a norte com a Estónia, a leste com a Rússia, a sudeste com a Bielorússia, a sul com a Lituânia e a oeste com o mar Báltico.

Ex-república da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, a Letônia conquistou sua independência no dia 21 de agosto de 1991, e no dia 1° de maio de 2004, a Letônia passou a ser país membro da União Europeia (EU).
Banhada pelas águas geladas do mar Báltico, tem litoral pantanoso, com dunas de areia e importantes portos pesqueiros.

 

Riga, é a capital e a mais importante cidade da Letônia, principal centro político, cultural, populacional e econômico do país, foi nomeada em 2014 capital europeia da cultura .
O centro histórico de Riga foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, e a cidade é particularmente notável por sua arquitetura Art Nouveau, comparável em importância a Viena, São Petersburgo e Barcelona.

 

ConhecerRiga:

 

Mapa Riga

 

Mercado Municipal: Considerado o maior mercado municipal da Europa. No Centraltirgus podemos encontrar uma enorme variedade de produtos desde panificações, doces, chás, especiarias, frutas, frutos secos ,carnes, peixes e muito mais. Os mercados são excelentes locais para nos aproximarmos da cultura de um país.

IMG_7611.JPG

IMG_7612.JPG

IMG_7613.JPG

IMG_7614.JPG

 

IMG_7616.JPG

 

IMG_7618.JPG

 

Monumento da Liberdade: é uma homenagem aos soldados letões mortos durante a Guerra da Independência da Letônia tem 42 metros de altura. Na base podemos ver várias esculturas retratando a guerra, e estátuas das quatro virtudes: trabalho, espiritualidade, família e amor à Pátria, além dos dizeres "Pela terra natal e pela liberdade". No topo está Milda – deusa letã do amor e da liberdade que segura três estrelas, representando as três regiões do país.
Diariamente a cada duas horas acontece a troca de guarda em torno do imponente monumento.

20160501_120005689_iOS.jpg

 

Academia de ciências da Letónia: um dos mais impressionantes edifícios desta zona da cidade. A sua construção iniciou-se logo depois da segunda guerra mundial e a sua arquitectura é claramente de estilo soviético.
O interior não pode ser visitado, mas é permitido subir ao terraço onde se podemos ter uma vista panorâmica da cidade.

IMG_7433.JPG

 

IMG_7436.JPG

 

Parque Bastejkalns que foi construído no lugar das antigas muralhas medievais da cidade. O parque é muito bonito e agradável, este lugar que atualmente só nos transmite paz e tranquilidade foi palco de uma das mais dramáticas batalhas durante a luta da Letónia pela liberdade.

IMG_7502.JPG

IMG_7504.JPG

 

O centro histórico

 

Se tivesse que escolher uma palavra para caracterizar o centro histórico, diria fascinante! Cada rua é uma nova descoberta onde podemos encontrar prédios Art Noveau, mas ainda com alguns vestígios característicos do período medieval.
Riga foi uma cidade murada às margens do rio Daugava, no entanto, os muros foram retirados no século XIX e no seu lugar foram construídos parques e avenidas.

 

Torre de Pólvora, construída no inicio do sec.XIV fazia parte da muralha que defendia a capital e tal como o nome indica era aqui que nesses tempos ficava armazenada a pólvora do exército local. Foi a única que restou das 18 que faziam a defesa da cidade. Actualmente é o Museu de Guerra Letão.


img_7487.jpg Torre de Pólvora

 

Castelo de Riga no seguimento dos vários conflitos foi destruído e reconstruído várias vezes. Hoje, é a residência do presidente do país e abriga dois museus: Museu de Arte Estrangeira e Museu de História da Letônia.


img_7490.jpg Castelo de Riga

 

Catedral do Domo, que foi construída no início do século XIII. A catedral, que já foi a maior igreja da região báltica.  Abriga alguns túmulos de antigos mercadores da cidade e um púlpito de madeira do século XVII. Os vitrais  e o orgão são mais recentes - do século XIX - Devido a ter sido muito fustigada pelas guerras, sofreu várias remodelações e acabou por ficar com vários estilos arquitetônicos misturados sendo que a maior parte do que resta foi feito do século XIX em diante.


Catedral do Domo

 

Casa dos Cabeças Pretas e a Casa Schwab: sede de uma irmandade de mercadores estrangeiros solteiros que terminou por ordem de Hitler, depois de se casar, os mercadores se tornavam sócios da Grande Guilda. As duas casas foram danificadas nos combates da II Guerra Mundial e reconstruídas em 1999. O nome da casa tem origem em São Maurício, o patrono da confraria, um guerreiro de origem africana.


DSC_0219 Casa dos Cabeças Pretas e a Casa Schwab

 

Casa dos Gatos:  é um edifício estilo Art Noveau com estátuas  de gatos pretos no telhado. Reza a lenda que o proprietário do prédio não foi aceite na congregação de mercadores da Grande Guilda. Em protesto ele resolveu erguer no topo do telhado um gato com o rabo virado para a Guilda. Alguns anos mais tarde e depois de uma batalha judicial o homem conseguiu ser aceite na congregação de mercadores da Grande Guilda com a condição de que a estátua teria de ser orientada noutra direção, que é como se encontram hoje em dia.


13221652_1231125640231376_4140717403939974318_n Casa dos Gatos

 

A Pequena e a Grande Guilda: eram organizações que congregavam respectivamente artesãos germânicos e membros do comércio local. As casas são muito imponentes e foram construídas no século XIX.


IMG_7481 A Pequena e a Grande Guilda

 

Igreja de São Pedro: originalmente foi construída em 1209, mas como tudo na cidade, foi destruída e refeita várias vezes. Na torre em madeira ostenta um antigo relógio, tem 123 metros de altura e serve como um dos pontos de referência da cidade.


IMG_7400 Igreja de São Pedro

 

Na lateral da igreja de São Pedro,  encontrámos a estátua dos Músicos de Bremen feita por Krista Baumgaertel foi um presente recebido da Alemanha em 1990, que homenageia os quatro animais protagonistas da fábula dos Irmãos Grimm. A estátua é uma réplica da famosa escultura existente em Bremen. 

 

Dizem que passar a mão no focinho dos animais traz boa sorte. Digam lá que não resulta?! Recebi o primeiro beijinho do meu Rafael... não podia ter mais sorte!

13174153_1231125893564684_4134301342695701633_n-e1

 

IMG_7523.JPG

 

IMG_7550.JPG

 

Três irmãos: são três edifícios dos mais antigos de Riga e ao mesmo tempo são um excelente exemplo da evolução arquitectónica que a cidade sofreu ao longo dos anos.
O "Irmão" mais velho data do século XV, e está pintado de cor branca, o segundo irmão (amarelo) foi construído em 1646, data essa que podemos ver marcada na sua fachada. Datado do século XVIII o edifício verde é o mais jovem dos três.


IMG_7489 Três irmãos

 

Podemos dizer que mais marcante na cidade são os contrastes arquitetônicos. Por isso aproveite e explore cada rua e deixe-se surpreender!

IMG_7426.JPG

 

IMG_7439.JPG

 

IMG_7485.JPG

 

Gastronomia

A cozinha na Letónia é surpreendentemente variada e saborosa, com muitas influências russas, alemãs e polacas.
As batatas e as sopas estão muito presentes, para além de  muita carne, sobretudo de porco, mas também há muitos pratos à base de peixe, como salmão, arenque e caviar vermelho. O pão também tem um papel de destaque na gastronomia letã e podemos encontrar uma grande variedade de pães.

20160501_182344107_iOS.jpg

 

20160501_182349523_iOS.jpg

 

20160501_182353996_iOS.jpg

 

20160501_182358426_iOS.jpg

 

20160502_101529362_iOS.jpg

 

20160502_101532063_iOS.jpg

 

20160502_101534831_iOS.jpg

 

20160502_101537700_iOS.jpg

 

20160502_101539634_iOS.jpg

 

IMG_7497.JPG

 

IMG_7590.JPG

IMG_7479.JPG

 

IMG_7480.JPG

 

Existem inúmeros restaurantes que pode escolher, tudo vai depender do que pretende provar e da sua carteira.
Se pretender uma introdução à cozinha local mas sem ser muito dispendiosa, podem optar pela cadeia de restaurantes Lido, onde pode encontrar num local agradável um buffet de pratos típicos e a muito bom preço. Existem vários na cidade mas eu particularmente gostei muito do Lido Atputas Centrs.

103983.jpg

 

20160501_182313112_iOS.jpg

 

20160501_182324255_iOS.jpg

 

lido-atputas-centrs (1).jpg

 

lido-atputas-centrs (2).jpg

 

lido-atputas-centrs.jpg

 

 

 

Boas Viagens!